A partir de 10 de março, o Sistema Único de Saúde (SUS) passa a oferecer a vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), usada na prevenção do câncer de colo do útero. Neste ano, serão vacinadas meninas de 11 a 13 anos. Na Paraíba, 104,7 mil adolescentes devem ser imunizadas, apenas em 2014.

Em Patos, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do setor de imunização, já reuniu todas as coordenadoras da saúde do município, inclusive a coordenação do Programa Saúde na Escola (PSE), para repassar informações sobre a vacina e como ela pode ser trabalhada.

A coordenadora técnica do setor de imunização da Secretaria Municipal de Saúde de Patos, Socorro Guedes, informou que as equipes de profissionais ainda ficaram encarregadas de fazer um levantamento que apontará quantas meninas existem na faixa etária exigida para receber a vacina.

“Após esse levantamento daremos início à divulgação do calendário de vacinação, com locais, datas e horários. Cada adolescente deverá tomar três doses para completar a proteção, sendo que a segunda seis meses depois e a terceira cinco anos após a primeira dose. Estamos mobilizando as escolas para que os diretores durante as reuniões com pais de alunos, mostrem a importância e o motivo pelo qual a vacina deve ser aplicada”, relata a coordenadora.

A vacina estará disponível nos postos da rede pública durante todo o ano, como parte da rotina de imunização, e também será trabalhada por meio de uma parceria entre as secretarias estaduais e municipais de saúde e secretarias de educação, para ser disponibilizada nas escolas públicas e privadas.

A vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual e, por isso, não tiveram nenhum contato com o vírus.